Projeto Close Up´s FotoPage

By: CloseUp Project

[Recommend this Fotopage] | [Share this Fotopage]
[Archive]
Friday, 8-Sep-2006 12:34 Email | Share | | Bookmark
Elas: o Brasil em Munique

Alexandre Albuquerque - advogado
 
 
View all 24 photos...
A semana foi puxada, mas produtiva. Ja temos seis entrevistas gravadas. Temos nos surpreendido com os depoimentos. Andre, Cintia e Bea estiveram com a Fabiana na segunda, enquanto a Beta foi fazer contato com mulheres da Igreja evangelica CGB e o Gui ia jantar com a Rita. A Fabiana casou com um equatoriano que conheceu no periodo da faculdade, parou de estudar porque engravidou e agora esta desempregada (a lincenca maternidade aqui eh de 3 anos!). Terca foi dia da Ligia e do Alexandre, o advogado. Ela esta na Alemanha ha bastante tempo, casou com um alemao e teve uma filha com ele (que nao mora com ela). Hoje eh separada e trabalha com o namorado em construcao como pedreira e a noite faz shows dancando samba. Quarta foi o dia da Cozinha... primeiro entrevistamos a Cleidy "das coxinhas", que chegou a ter depressao no periodo de adaptacao a Alemanha. A noite fomos ate a Sandra, cozinheira de um bar brasileiro e uma figura fantastica. Carioca despojada e muito segura, casada com um Cubano, chegou aqui como Sandrao dancando samba e se tranformou na Mama. Ontem a noite entrevistamos a Eunice, uma gaucha muito simpatica que casou com um Iraniano e tem tres filhas que falam as tres linguas: alemao, portugues e persa. Ainda hoje vamos conversar com "as Luzias": a Luzia Silva, e a Luzia da banca de revistas.

A semana tambem foi de passeios. Na terca visitamos o Sebatian que eh diretor de cinema e inventor de engenhocas para facilitar a mao de obra fotografica. Ele nos paresenteu uma especie de Dolly-Gura-Travelling-Informatizada. A engenhoca eh realemente fantasitca, mas a visita a Arri Flex foi um tanto mais empolgante pra todos nos. Fizemos o tour pela Arri na quarta. Visitamos as salas de montagem de cameras, de testes de ruidos, de testes de fixidez, etc etc. Vimos, em primeira mao, uma nova camera 16 mm, ainda sendo testada... linda e leve. Todos babando em cima da maquininha. Ganhamos, cada um, uma camiseta da empresa. O Ralf tava emocionado, porque depois de ter trabalhado la nao sei quanto tempo sem ganhar nem uma caneta de brinde, ele agora, por nossa causa, ganhava uma camiseta... momentos...
Bom, na quinta tinhamos a tal visita a Bavaria Filmes. O Johnny, amigo do Ralf, ficou de encontrar com a gente la para fazer um tour "nao oficial" para depois acompanharmos o tour normal a que todo turista se submete. Por causa do horario, o amigo do Johnny so conseguiu nos apresentar dois, dos 12, estudios imensos!!!! Num deles estava montado o cenario de uma novela, no outro estavam desmosntando um programa de ausitorio... o espaco eh assombroso!!! A Cintia resolveu nao pagar para ir ao tour turistico... bem que ela fez! Alem daquele showzinho de efeitos especias, super basicos, passeamos pela cidade cenografica de uma novela sobre a qual nunca ouvimos falar e no final do tour "brincamos de fazer um filme", era para reencernarmos um filme alemao (uma satia do Star Treck), sobre o qual tambem nao tinhamos a minima ideia... enfim... o probelma eh que este eh o tipo do passeio que impressiona pessoas leigas, que nao sabem como as coisas acontecem por traz das cameras... Ralf... furada, hein?!

Ontem fey muito calor, e chuveu muito no fim do dia... hoje amanheceu mais fresquinho, mas as nuvens ainda rondam o territorio... esperamos que nao venha outra onda de chuvas...

Ate!


Monday, 4-Sep-2006 18:00 Email | Share | | Bookmark
Primeiras noticias

Sim! Nos temos um cartaz na parede tambem!!
Ralf e Gui no Englisher Garten
sim, eles se vestem assim em festividades!
View all 32 photos...
Halo!
Ralf, Andre e Cintia completam hoje primeira semana por aqui. Voaram pela Iberia e, como e de prache nesta empresa, nao tiveram muito sossego... uma crianca berrou desesperadamente, a "vizinha de tras" da Cintia roubou o travesseiro dela e o Ralf no sono mais profundo no banco do corredor, impediu a passagem de qualquer um... Chegando aqui, dedicaram os primeiros dias a familiarizacao com o bairro turco em que estamos localizados. A Cintia logo se identificou com os "brimos"!! Bea e Beta vieram na segunda leva, um pouco mais confortaveis no voo da Air France, com direito a Champagne e queijo Camembert no cafe da manha. O Gui chegou por ultimo e tambem estressado com o voo da Iberia... alem de o voo ter atrasado horas, o mal atendimento e injustificavel!
O tour do pessoal pela HFF foi, no minimo, impressionante! A estutura e assustadora! A cada porta que se abria era um suspiro ou um "puta que pariu!". Sala de cinema quase do tamnho da do CIC, em muito melhor estado; sala de mixagem com tela grande e sistema de som equivalente ao do cinema; um apoio logistico imenso, quase um labirinto; estudios grandes com estrutura para confeccao de cenario e uma casa propria so para uso de locacao; todos os filmes realizados por alunos daqui tem um cartaz pelos corredores (nivel profi!); os certificados das premiacoes do Oscar que os alunos ganharam (chato, hein?!) tambem estao expostos; etc etc.
Sabado tiramos um tempinho para o turismo local: Marienplatz, catedra e centro da cidadel...
A pensao em que estamos hospedados esta perto do metro, bem no centro da cidade e merece uma atencao especial: prieiramente, voce se depara com 4 lances de escadas de uns 20 degraus... isso depois de um dia inteiro de caminhada, parece infinito... a recepcionista que nao falava ingles, mas se esforcava para que voce entendesse alemao, foi embora depois de uma briga homerica com os outros dois senhores que trabalham la. O cara do turno da noite e uma simpatia so! No dia que o Andre e a Cintia chegaram o De foi tentar um papo e comecou com "do you speak english?", o cara sutilmente, sem mostrar os dentes nem piscar, respondeu seco: "ya". O papo acabou por ai! Ele e tao prestativo que, toda vez que estamos chegando, ele ja esta com as nossas chaves em maos. De cara amarrada, claro! O lugar e simples e pelo jeito a faxineira foi embora assim que chegamos. De baixo das camas tem-se os resquicios de outros hospedes, nos cantos do quarto estao acumuladas a sujeira de um mes (otimistamente). As camas sao boas, mas o estrado nao e seguro! O cafe da manha e um "ja-te-vi-de-novo". Pao quentinho so tem no domingo, quando o "carinha simpatico" (este de verdade!) esta na casa. O banheiro e comunitario... o chuveiro nao e preso na parede e o espaco para o enchague deve ter uns 40cm². Nao molhar a roupa e se vestir depois e realemente um exercicio de concentracao e equilibrio. Hoje, o chuveiro amanhaceu com uma meia arrastao pendurada na torneira.... supimpa! Esperamos que quando voltarmos, ela ja tenha sido retirada...
Bem...
Domingo foi dia de confraternizacao na casa do Dieter Kronzuker (coordenador do Centro de Jornalismo), num lugar chamado Tegernsee, na regiao dos Alpes. De la dava pra ver os Alpes que fazem fronteira com a Austria. A paisagem e magnifica! Barbara, esposa do Dieter, caprichou no almoco e todos exageramos um pouco... ups! Depois do almoco fizemos uma longa, porem bela, caminhada pela regiao. Uma floresta densa de pineiros, um ar fresquinho. Depois de muito subir e descer paramos para um cafe com Apfelschudrell (torta de maca - duvida na grafia!). Foi um dia agradavel e cansativo. Pra completar ficamos trabalhando ate as 2 da manha na agenda da semana e na nossa proposta de abordagem!

Os alemaes nos receberam super bem, apesar de nem todos os estudantes estarem por aqui. Stefan, Ralf e Lia tem dado uma forca na pre producao, mas sem duvida serao mais uteis durante as gravacoes, ja que nossas personagens soa todas brasileiras. Vinicius e Andrea, da Casa do Brasil tem sido grande fonte de contatos ate agora. Durante a primeira semana, Andre, Cintia e os alunos alemaes prepararam um panorama do que seriam nossos dias por aqui. Determinou-se os alvos de pesquisa, que tipos de mulheres procurariamos e onde e deu-se inicio as ligacoes.
Encontramos algumas das nossas personagens num bar brasileiro, perto do Jardim Ingles, outras foram abordadas na rua, no restaurante ou foram nomes dados por terceiros. Temos tido sorte.
A experiencia de pesquisa de campo no bar brasileiro foi interessante. Este e um ambiente que frequentam muitas garotas de programa que casaram com um alemao para poderem se estabilizar por aqui. Tiveram filhos e algumas hoje sao separadas e vivem da vida noturna e da pensao do marido. Fomos ate la para tentar o contato com alguma delas. Conseguimos alguns. Outras nao quiseram nem papo. Presenciar o trabalho delas foi um tanto desconfortavel porque nos sentimos, como mulheres, agredidas por tabela. Uma sensacao de vontade de cuidar do que e nosso. De falta de liberdade. De falta de espaco. Claramente, o esterotipo da brasileira estava sendo usado por elas como estrategia de venda. Foi frustrante como brasieliros, mas interessante como pesquisa.
Esta semana comecamos o trabalho pesado. Ja temos sete entrevistas agendadas, entre hoje e qinta-feira e outras conversas tambem. Uma estudante, um advogado (sim um homem!), uma cozinheira, uma pedreira e dancarina (!!!!), uma engenheira e uma dona de casa.
E bola pra frente... nos proximos tres dias temos visitas agendadas pelo Ralf. Amanha vamos na Motion (de efeitos especiais); terca vamos na Arri Flex e quarta ou quinta vamos na Bavaria Films. Promete!
Ate breve!
Um abraco a todos!


[Archive]

© Pidgin Technologies Ltd. 2016

ns4008464.ip-198-27-69.net